Dor nos ombros no trabalho: como corrigir

Compartilhe este conteúdo:

Dor nos ombros no trabalho: como corrigir 1

Nossos ombros consistem em várias articulações que se conectam a vários tendões e músculos, e é comum sentirmos dor nos ombros por eles serem tão interconectados. A complexidade do local é o que permite que façamos tanto com os braços. É também a razão pela qual muitas pessoas sofrem de dores e lesões nos ombros.

A dor crônica no ombro geralmente resulta de movimentos prolongados, repetitivos ou desajeitados. Esse tipo de dor às vezes é denominado lesão por esforço repetitivo (LER) ou distúrbio de trauma cumulativo.

LER são frequentemente causadas por tarefas no trabalho. Atividades pequenas e repetitivas podem distender os músculos e tendões da parte superior do corpo, incluindo o ombro. As atividades que podem causar LER incluem:

  • Usar um mouse de computador
  • Escanear itens em um caixa de supermercado
  • Transportar ou levantar cargas pesadas
  • Usar maquinário industrial

Aprenda como diminuir o risco de desenvolver LER e dor nos ombros no trabalho:


Causas de dor crônica no ombro:

A dor no ombro geralmente se desenvolve gradualmente. Pode ser difícil identificar a causa exata de sua dor. Fontes potenciais de dor no ombro relacionada ao trabalho incluem:

  • Má postura
  • Trabalhar com os braços acima do nível dos ombros
  • Força ou pressão em seu ombro, mesmo em pequenas quantidades
  • Estresse de contato mecânico, como o causado por repousar os pulsos na borda rígida de uma mesa ao digitar
  • Carga estática, quando seus músculos têm que manter seu corpo em uma posição por muito tempo
  • Vibração mão-braço, como vibração causada por uma ferramenta elétrica
  • Vibração de corpo inteiro, como vibração causada por dirigir em estradas irregulares
  • exposição a temperaturas extremas

Trabalhos fisicamente intensos não são os únicos que podem causar dores e lesões nos ombros. Trabalhadores de escritório também correm alto risco de desenvolvê-los. Ambientes de trabalho sedentários e hábitos de trabalho podem enfraquecer seus músculos e abrir caminho para a dor.

Ainda não utiliza um suporte para tela? Este é um grande problema para seu bem estar físico!

Prevenindo dores crônicas no ombro:

Para minimizar a dor no pescoço e nos ombros, pode ajudar:

  • Desenvolver melhor postura
  • Otimizar seu espaço de trabalho ou ambiente de trabalho
  • Reduzir o estresse que suas rotinas diárias colocam em seu corpo

Ergonomia é o processo de projetar equipamentos, sistemas e processos que funcionam bem com o corpo humano. Ambientes e hábitos de trabalho ergonomicamente amigáveis ​​são essenciais para reduzir o risco de lesões e dores no local de trabalho. Se você trabalha em uma mesa, tente estas dicas para melhorar seu espaço de trabalho e evitar dores nos ombros:

Sente-se corretamente

Esteja ciente de como você fica sentado o dia todo. Quando você está sentado em sua mesa:

  • Os pés devem ser plantados com firmeza e planos no chão ou um apoio para os pés estável
  • As coxas devem estar paralelas ao chão
  • A parte inferior das costas deve ser apoiada
  • Os cotovelos devem ser apoiados e próximos ao seu corpo
  • Punhos e mãos devem estar alinhados com seus antebraços
  • Ombros devem estar relaxados

À medida que a fadiga se instala durante o dia, tendemos a ficar desleixados, piorando a postura e o esforço corporal.

Trabalhando sem apoio para antebraço? É mais uma das causas de suas dores nos ombros!

Se você não consegue sentar direito, tente praticar ioga ou pilates. Esses tipos de exercícios podem ajudá-lo a desenvolver melhor a força central e a postura geral.

Mudar os arredores

Experimente mudar o mouse para o outro lado da mesa. Isso facilitará a carga de trabalho da mão normal do mouse. Pode ser particularmente eficaz se você tende a sentir dor no ombro apenas em um dos lados.

Também pode ser útil criar variedade em sua programação. Tente não fazer a mesma atividade por horas a fio. Além disso, faça pausas e caminhadas regulares. Pausas curtas de 30 segundos a cada 30 minutos, por exemplo. Durante cada pausa, sacuda as mãos e os braços. Além disso, relaxe os olhos, a cabeça e o pescoço, focalizando novamente a visão em um ponto a cerca de 6 metros de você.

De vez em quando, saia da sua mesa e dê uma volta. Uma pausa de 10 minutos a cada duas a três horas ajuda. Fazer uma caminhada mais longa na hora do almoço também é uma boa ideia.

Muitas pessoas sentem dores no ombro relacionadas ao trabalho. Para ajudar a diminuir o risco de dor e lesões, ajuste seu ambiente de trabalho e hábitos para torná-lo mais ergonomicamente amigável. Se você não se sentir confortável para concluir uma tarefa fisicamente exigente sozinho, peça ajuda. Além disso, marque uma consulta com um profissional adequado se você desenvolver dor ou outros sintomas de uma lesão relacionada ao local de trabalho. O tratamento pode ajudar a aliviar os sintomas e diminuir o risco de complicações.


Compartilhe este conteúdo:

Adicionar seu comentário

Equipe Especializada

Suporte especializado em Ergonomia - Dúvidas? Fale conosco aqui

Faturamento para Empresas

Faturamento e boleto à prazo para CNPJ

eSocial - adequação

Mix de produtos ideal para adequar-se ao eSocial - Dúvidas sobre sua adequação? Fale conosco